Ecossistema de Startups

Ecossistema

Para aumentar as chances de criação e sucesso de startups, é preciso garantir a elas um ambiente que estimule o crescimento. Com base nisso, foi criado o conceito de “ecossistema empreendedor”. Assim como na biologia, acredita-se que todos os elementos são dependentes do meio em que estão inseridos. As chances de uma árvore crescer são maiores onde já existe floresta, se comparados com as possibilidades em um ambiente mais árido.

O Vale do Silício (EUA), por exemplo, consegue produzir startups de sucesso em um prazo menor do que em outros lugares, justamente por possuir um ecossistema empreendedor bem desenvolvido.

A maior ou menor “fertilidade” do ecossistema e, consequentemente, das empresas que o compõem, depende da existência e articulação de alguns atores-chave: aceleradoras, coworkings, entidades de apoio, incubadoras, Instituições de Ensino Superior (IES), grupos organizados de investidores, movimentos locais e startups.

Com o objetivo de fomentaro empreendedorismo e a criação de startups, o Sebrae promoveu encontros com os atores-chave do ecossistema local de inovação, para traçar um plano estratégico e as frentes de atuação que transformarão a cidade em um ambiente propício à inovação e a aceleração de negócios.

Entre as ações definidas nesses encontros estão a realização de eventos globais como TED e Campus Party; o estabelecimento de parcerias com instituições internacionais do setor de tecnologia, para qualificar a mão-de-obra; a criação de um projeto para a aceleração de startups, além do desenvolvimento de estratégias para estimular o interesse dos jovens nas Instituições de Ensino Superior pelo empreendedorismo de alto impacto.

O desenvolvimento do ecossistema empreendedor da região é também um compromisso do Centro de Inovação de Maringá (CIM). Por meio da articulação entre o setor público, o setor produtivo e as Instituições de Ensino Superior de Maringá, apoiamos o desenvolvimento de ideias inovadoras. Também trabalhamos para ajudar na formatação do modelo de negócios, prototipagem, incubação e coworking, sempre contando com a colaboração fundamental de nossos parceiros estratégicos. Tudo isso, com um só objetivo: promover o desenvolvimento socioeconômico regional no contexto da economia globalizada do conhecimento e da inovação.