Blog

Sancionada a Lei que cria o Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação em Maringá

Na última terça-feira (11)  na Prefeitura Municiapal de Maringá, a lei da criação foi sancionada pelo Prefeito Ulisses Maia. A solenidade de assinatura contou com a presença de autoridades e lideranças de Maringá.
O objetivo do Conselho é fortalecer e ampliar a base técnico-científica do município, que é constituída por entidades de ensino, pesquisa e prestação de serviços técnicos especializados e por unidades de produção de bens e serviços de elevado conteúdo tecnológico.
O CMTCI também terá como propostas prioritárias o incentivo à inclusão social com a criação de empregos, o aumento e diversificação das atividades econômicas que tenham por base o conhecimento técnico e científico, além da fiscalização e correto uso dos recursos do Fundo Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação a ser criado.
 
Composição
O Conselho será constituído por no mínimo 42 membros – titulares e suplentes – vinculados à administração municipal, às comunidades científica, tecnológica e de inovação, entidades empresariais e à sociedade civil organizada.
Os representantes indicados exercerão suas atividades de forma voluntária e gratuita.
Para o diretor de Inovação Tecnológica da Secretaria Municipal de Inovação e Desenvolvimento Econômico, Franz Wagner Dal Belo, a finalidade maior do Conselho será a de colaborar com os demais órgãos de governança na promoção do desenvolvimento econômico e social do município. “O conselho fará parte do âmbito da Lei Municipal de Inovação, que foi aprovada no ano passado. Sua atuação será semelhante à do Codem, entretanto, focada na sugestão de diretrizes e aplicação de recursos que contemplem o desenvolvimento de práticas que proporcionem avanços nas áreas de inovação e tecnologia”, diz.
Fonte: (CP/PMM)